Search
  • newcammingperspective

Violência invisível (simbólica) no mercado de webcamming

Updated: Nov 26


Como princípio, consideremos, antes de tudo, para todos os casos, a vigência de uma determinada condição de vida que é transformada num flagelo humano (material ou imaterial) “explorável” e que, por isso, gera um conjunto de soluções capitalizadoras para resolvê-lo.
— E. Trivinho

Violência invisível é um conceito desenvolvido por Eugênio Trivinho e apresentado pela primeira vez na obra "A dromocracia cibercultural: lógica da vida humana na civilização mediática avançada", publicado em 2007.


O conceito refere-se a um tipo de violência que não é física (concreta), mas sensível (subjetiva). O que significa que quando somos violentamos de modo invisível ou simbólico logo sentimos, porém, dificilmente comprovaremos a violência, pois não há armas de fogo, ameaças físicas, etc.



Como identificar a violência invisível no setor de webcamming?


No que diz respeito ao mercado de webcamming, esta violência é sentida o tempo inteiro, independentemente do cargo ocupado no setor.


No caso da modelos online, os contratos que assinam com os camsites são "optativas obrigatórias". Isto é, caso não aceitem ceder à plataforma a permissão legal para que seja feito uso do seu conteúdo — da forma como for conveniente à empresa —, elas simplesmente estarão impedidas de trabalhar no mercado. Posto isso, a New Camming Perspective (NCP) propõe, como estratégia de contenção de danos, que cada modelo, individualmente, reflita sobre o seu conteúdo publicado em toda e qualquer plataforma online.


No caso do executivo do setor, a violência simbólica/invisível também é muito intensa. Não há reconhecimento direto pelo trabalho do indivíduo. O plágio é consentido abertamente. Não se sabe quem é o autor de uma campanha de marketing ou de uma ferramenta inovadora. Sendo assim, o poder continua concentrado nas mãos dos mesmos e raramente alguém sobe de cargo / constrói carreira neste segmento de mercado.


O medo não se desmancha no ar.


________________

As publicações da NCP não são direcionadas a pessoas físicas e/ou jurídicas em específico. Tampouco nos posicionamos como adversárias da Indústria de webcams. Nossa intenção é estimular o pensamento crítico entre as profissionais e os tomadores de decisão do setor, tendo em vista que muito do que é desumano não é necessariamente ilegal. A expectativa é a de que é a de que, com o passar do tempo, novas práticas — mais humanizadas — tornem-se ritualidades cotidianas no setor, colaborando, assim, para maior aceitação social da modelo online e condições mais dignas de trabalho.



992 views

Recent Posts

See All

Código de Conduta da NCP

Cooperar com todos os interlocutores que estejam dispostos a dialogar com nossas propostas de contenção de danos e humanização do setor de Live Cams. Buscar estabelecer relações cordiais com uma postu

NEW CAMMING PERSPECTIVE  would love to help you

  • Preto Ícone Twitter
  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone Facebook
  • Preto Ícone YouTube